Portal CDT/UnB - Notícia: CDT/UnB realiza Oficina para Agenda Nacional de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas
Acesso ao portal CDT

Esqueceu a senha? clique aqui.

Quero me cadastrar no portal

Fechar

Parcelas Disponíveis

Senha para realizar a inscrição
Fechar
Acesso ao portal CDT

Esqueceu a senha? clique aqui.

Quero me cadastrar no portal

NOTICIAS
ULTIMAS NOTICIAS
CDT/UnB realiza Oficina para Agenda Nacional de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas
30/11/2012

A primeira das diversas oficinas de trabalho que culminarão na Agenda aconteceu no 1º SIMBRACS

 

O Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília realizou, durante o 5º Encontro nacional dos Fóruns Regionais de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, a Oficina Nacional “Agenda Nacional de Desenvolvimento e Competitividade das Micro e Pequenas Empresas”. O projeto, presidido e coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior com o apoio do CDT, fazia parte da programação do 1º SIMBRACS – Simpósio Brasileiro de Políticas Públicas para Comércio e Serviços, que aconteceu em Brasília nos dias 28 e 29 de novembro.

Durante dois dias, representantes do setor público e privado se encontraram para discutir as principais questões e disseminar informações relevantes para a competitividade e a produtividade das empresas que atuam nos segmentos de Comércio e Serviços no Brasil. Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o SEBRAE, o evento contou com a participação de ministérios e agências do governo federal, secretarias estaduais e municipais, juntas comerciais, representantes do Poder Legislativo, de entidades do setor privado, de trabalhadores, empresários, acadêmicos e convidados internacionais. 

Os principais objetivos do SIMBRACS consistiam em discutir as tendências dos setores de Comércio e Serviços frente à conjuntura da economia internacional; debater políticas públicas para o fomento dos setores de Comércio e Serviços; apresentar e divulgar instrumentos de melhoria do ambiente de negócios e de fortalecimento do setor produtivo brasileiro e congregar diversos eventos convergentes para ampliar ainda mais o escopo das discussões propostas.

 

Sobre o Fórum 

O 5º Encontro Nacional dos Fóruns Regionais é um evento técnico de grande relevância para as microempresas e empresas de pequeno porte no Brasil, na melhoria do cenário ao segmento em suas respectivas regiões obtidos na interação entre as necessidades do segmento e as respectivas ações governamentais.

Os Fóruns Regionais (assim denominado pela LC nº123/06) dos estados e do Distrito Federal, assim como diversas entidades privadas e instituições/órgãos governamentais, são integrantes do Fórum Permanente das ME e EPP e com ele mantém importante parceria. O Fórum Permanente é presidido e coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. 

 

Oficina Nacional 

Nesse contexto, no dia 29 de novembro, foi realizada a 1ª das diversas oficinas de trabalho que culminarão, em 2012, na Agenda Nacional de Desenvolvimento e Competitividade das MPE. A oficina objetiva dar conhecimento do projeto aos atores envolvidos e, principalmente, busca coletar proposições a respeito da construção da Agenda Nacional, conferindo a devida legitimidade do Fórum Permanente no processo de elaboração desse documento. A Agenda é decorrente da Política Nacional de Empreendedorismo e Negócios, em sinergia com a Agenda Estratégica do Fórum Permanente, entre outras iniciativas de governo. 

O presidente da Frente Parlamentar Mista de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, deputado federal Pedro Eugênio, fez a abertura do Encontro; seguido da apresentação do Fórum Regional/CE, por Janemary Nascimento, coordenadora de empreendedorismo da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). 

A diretora do CDT/UnB, Ednalva Morais, deu início à Oficina Nacional explicando a metodologia que será utilizada no projeto – a mesma das oficinas para a Política Nacional de Empreendedorismo e Negócios (PNEN), a metodologia The World Café, mas com foco no micro e pequeno empreendedor – além dos principais desafios a serem enfrentados pela equipe e pelos atores envolvidos nesse processo de desenvolvimento da Agenda Nacional de Desenvolvimento e Competitividade das Micro e Pequenas Empresas. 

“Mais uma vez iremos aprofundar as discussões iniciadas com os diferentes órgãos da esplanada, das diferentes esferas estaduais e municipais. Vamos seguir a mesma metodologia usada anteriormente, então durante o mês de janeiro, já teremos a contribuição dos nossos polos locais, que estarão nos recebendo e mobilizando representantes de universidades, e principalmente de empresas. Nós sempre partimos do pressuposto de que quem mais conhece e tem contribuições e soluções pra apresentar aos problemas que nós já identificamos, gargalos e oportunidades, são os próprios empreendedores.

O objetivo é sairmos ao final, daqui a onze ou doze meses, com essa Agenda amplamente discutida. Não trabalho de escritório, mas um trabalho integrado com ações. Basicamente, como objetivo dessa nova jornada que nós temos pela frente é identificar e compreender esses entraves e oportunidades e com o objetivo de melhorar esse ecossistema empreendedor e, agora sim, com maior foco na micro empresa e nas empresas de pequeno porte, porque na discussão anterior nós estávamos elaborando teses e diretrizes para a Política Nacional de Empreendedorismo e Negócios mais ampla, com foco no empreendedorismo inovador e no empreendedorismo social e de negócios ditos “tradicionais”. Então aqui a gente tem um foco muito grande nesse projeto para as MPE’s e, principalmente, nós vamos continuar trabalhando com aqueles aspectos culturais, sociais, econômicos e políticos, que impactam nas decisões do empreendedor, de iniciar a empresa, de expandir o seu negócio, o seu empreendimento e de encontrar novos caminhos, novas trilhas mais empreendedoras e mais competitivas, trazer aquilo que foi dito aqui à inteligência pra dentro da micro e pequena empresa”, afirmou. 

Ednalva destacou, ainda, que a equipe continuará aprofundando o estudo comparativo com as experiências internacionais no âmbito de estruturação dessas políticas para fazer um processo de retroalimentação, mobilizando todas as partes interessadas nesse processo a fim de concentrar as discussões em apenas seis eixos, que são os eixos temáticos do Fórum Permanente: desoneração e desburocratização; comércio exterior; tecnologia e inovação; investimento e financiamento; redes de disseminação, informação e capacitação; e compras governamentais.

Ednalva destacou, inclusive, a importância da mudança do sistema educacional para instalar uma cultura de estímulo ao empreendedorismo; a criação de redes de empreendedores; além de bônus creditícios e incentivos fiscais para a capacitação daqueles.   

“Eu gostaria de ressaltar a importância da questão da mudança do sistema educacional em todos os níveis com a questão da pedagogia e do empreendedorismo. E também a questão da criação dos bônus creditícios e de incentivos fiscais para capacitação do empreendedor. Nós sabemos que é possível criar vários programas de apoio e de formação do empreendedor. 

O SEBRAE tem centenas de cursos de capacitação e formação para o empreendedor de micro e pequeno porte. Agora, de que forma o empreendedor de fato os utiliza? Como sensibilizá-lo para aproveitar adequadamente e efetivamente? Como isso já estaria disponível? De que forma e quais metodologias atraem mais. Nós estamos num cenário onde a educação presencial é difícil a esse empreendedor devido a sua falta de tempo, mas por outro lado ele ainda não está devidamente motivado para o ensino a distância, então, como nós podemos desenhar programas que mobilizem toda essa massa de empreendedores pra aproveitar muito bem esses programas e apoios já existentes? São questões como estas que serão discutidas nas oficinas regionais com a metodologia World Café”. 

Coordenada pela equipe do CDT/UnB, as atividades da Oficina foram realizadas na tarde do dia 29 de novembro, no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília. 

 

LÍVIA CAROLINA MACHADO

Jornalismo

Núcleo de Pesquisa em Desenvolvimento e Comunicação – NPDC    

Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília – CDT/UnB  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Últimas notícias
HACKATHON - FEIRA DE NEGÓCIOS E INOVAÇÃO
Data: 20/11/2019
Base de dados...
Saiba mais
MOMENTO EMPREENDEDOR
Data: 19/11/2019
Chegou o seu momento Empreendedor!!! Se inscreva para participar de um momento de troca de Experiência entre diversas Startups do DF...
Saiba mais
Feira de Negócios e Inovação 2019
Data: 05/11/2019
Inscrições Abertas - Feira de Negócios e Inovação - 2019 Nos dias 21 e 22 de novembro, o Ambiente de Inovação da UnB realizará a 9ª ed...
Saiba mais
BREVE DESCRIÇÃO DAS EJs
Data: 11/10/2019
Documento com uma breve descrição da Ejs do CDT/UnB...
Saiba mais
Projetos de Pesquisas
Data: 11/10/2019
Projetos de pesquisa em execução no âmbito do CDT/UnB...
Saiba mais
Universidade de Brasília - Edifício CDT
Campus Universitário Darcy Ribeiro
Brasília - Distrito Federal
Caixa Postal: 04397 Cep: 70904-970
E-mail: atendimento@cdt.unb.br
Telefone: + 55 61 3107-4100
Fax: + 55 61 3107-4136